Mulheres no Suporte de TI

7COMmMiscelâneaMulheres no Suporte de TI
2
dez
2014

Escrito por: Daliane Martins

“Sim, sofri preconceito”. “Sim, fui discriminada”. “Não queriam me empregar”. “Não acreditavam no meu potencial”. E sou uma mulher na Tecnologia da Informação.

Mesmo tendo conquistado o direito de pensar, de votar, de nos mostrar como grandes profissionais e,  claro, termos filhos sem maridos, o espaço no mercado de trabalho ainda é difícil para a classe feminina. Por não termos o porte físico masculino? Por sermos mais frágeis? Não podermos desempenhar tal função? Essas considerações fazem parte da vida de muitas mulheres que escolheram triunfar pela área de tecnologia, a fim de regozijarem-se com bancos de dados, cabos telefônicos e unhas quebradas manuseando placas-mãe.

Dentre as ramificações da TI, a área de suporte talvez seja a menos habitada por mulheres, já que é necessário ter uma postura mais séria e hostil, quando se trata de usuários avessos à informática (o que realmente é mais fácil para os homens!) e, elegante e gentil, para manter a calma do seu cliente, afinal, a doçura transmitida pela voz feminina é capaz de acalentar até o coração daquele usuário que precisa entregar um relatório de 135 páginas quando o Sistema Operacional trava durante a revisão que está fazendo – e detalhe: ele ainda não o salvou no disco.

carreira-em-TI-mulheres

“Já subi escada de saia e salto alto carregando um  gabinete e um monitor LCD”,  digo, e não perco a feminilidade nem quando é preciso prestar suporte a usuário mal-humorado, que acredita que as mulheres são incapazes de resolver os tantos incidentes que acontecem diariamente nas redes.  Basta uma amostra de meu trabalho e provo que podemos, sim, fazer parte deste mundo de exatas, onde um bit é mais importante que uma tarde de compras no Shopping.

A racionalidade que encontramos no mundo da informática também pode ser facilmente absorvida pelas mulheres, de forma que também somos capazes de agir seguindo a lógica, compreender tutoriais e destrinchar sistemas, para auxiliar nossos clientes na resolução de problemas banais que garantam a sobrevivência corporativa. Porque a informática é de extrema importância para o desenvolvimento do trabalho das grandes  empresas, e estar alerta aos chamados e solicitações de usuários que precisam usufruir das ferramentas tecnológicas da melhor maneira possível, é algo que pode ser feito com candura e gentileza femininas, às vezes até com uma pitada de vivência emocional, para transformar uma ferramenta inelegível aos olhos de um leigo em algo especial, coisas que nós, mulheres, sabemos fazer por natureza, por instinto.

Além disso, as mulheres trazem um verdadeiro diferencial para as Unidades de Suporte, quando conseguem agregar valores maternais aos atendimentos complicados e problemas sem fim, sempre com charme e presteza. E provamos mais uma vez que sabemos “pilotar” redes, pois, com muito empenho e dedicação, aliados à vontade de obter sucesso profissional, agarramos mais esse desafio para vencermos.

 

Daliane Martins

Formada em Redes de Comunicação, com experiência em Suporte e Relacionamento com clientes. Neste momento, Consultora de Negócios em TI – Apaixonada por livros, cinema e TI.

 

Fonte: TI Especialistas 

Add Comment

Your email address will not be published.

1 × 5 =