O que os recrutadores mais procuram no seu CV?

7COMmCarreira em TIO que os recrutadores mais procuram no seu CV?
14
set
2015

Por: Rodrigo Pace de Barros

Já sabemos que os recrutadores gastam, em média, 6 segundos por currículo quando precisam analisar candidatos para o preenchimento das vagas de trabalho que estão disponíveis. 6 segundos. Como já dissemos, é realmente muito pouco tempo para conseguir chamar a atenção para o seu currículo.

É comum e fácil encontrar boas práticas para o preenchimento de currículos. Tão bom quanto saudável é seguir estas dicas. Porém, como uma gota no oceano, você acaba se tornando mais um na multidão de candidatos às boas vagas e, desta forma, suas chances se mantém as mesmas de sempre.

Então, o que fazer para conseguir que o seu currículo salte aos olhos do recrutador? Como fazer que ele repare no seu currículo de tal forma que o selecione para uma segunda fase de avaliação onde você terá mais tempo (e até uma entrevista) para mostrar o seu real valor? A resposta para estas perguntas passa por uma análise comportamental. A empresa “The Ladders” realizou uma pesquisa com diversos recrutadores onde o alvo foi o comportamento destes recrutadores quando estão olhando para os currículos sob análise. O resultado: Agora sabemos por onde os olhos dos recrutadores passam quando estão analisando os milhares e milhares de currículos de candidatos. O que podemos extrair disso: Com esta informação, podemos colocar palavras chave quentes nos campos mais visualizados, aumentando as chances de que os nossos currículos ganhem destaque durante a análise feita.

Ao mapear por onde os olhos dos recrutadores passam nos currículos, a pesquisa identificou que os seguintes pontos são os mais procurados, lidos e vistos:

  • Nome do candidato
  • Cargo atual e Empresa atual
  • Data de início e final do cargo atual
  • Último cargo e Última empresa trabalhada
  • Data de início e final do último cargo
  • Histórico educacional
Além destes pontos de análise, os recrutadores buscaram ir além de encontrar palavras chave que se correlacionassem às vagas pretendidas. Eles relacionavam as informações para dar o seu veredito final, ou seja, o currículo deveria estar em acordo com a vaga desejada e a vida profissional do candidato deveria estar em linha com o perfil da vaga aberta. Ou seja, não há espaço para erros de recrutamento e, no nosso caso, para erros nos currículos.
Para ilustrar, veja o mapeamento feito pela pesquisa. As áreas em vermelho são as mais vistas:
o-que-os-recrutadores-procuram-no-cv
Agora que já sabemos como se comportam os recrutadores no momento em que estão de fato selecionando candidatos, poderemos nos organizar melhor e construir currículos que nos levem às entrevistas.
Nossa obrigação é de sermos responsáveis com nosso próprio desenvolvimento. A busca por mais informação faz com que criemos melhores condições para nossa própria evolução profissional.
Então, mãos à obra! Que tal dar uma revisada no seu currículo? Aposto que seus concorrentes estão fazendo isso agora mesmo.
Sobre Rodrigo Pace de Barros
PMP Possui 12 anos de experiência em projetos de Segurança de TI e ambientes de missão crítica em empresas de grande porte. É formado pela Unesp de São José do Rio Preto e possui MBA em Gestão de TI pela FIAP. Colunista em diversos portais de TI e Gestão de carreiras, palestrante, instrutor e assessor de carreiras especializado em TI.

Add Comment

Your email address will not be published.

1 × 3 =