Search
+55 (11) 3358-7700

Blockchain está na moda em todo mundo, mas você não é todo mundo

O diálogo é muito comum. A filha adolescente deseja comprar a ultima tendência da moda. A calça da atriz X, o vestido da modelo Y, a camisa da cantora Z. Os pais ficam reticentes com a modernidade considerada excessiva da peça e relutam em fazer o desejo da jovem. Ela insiste dizendo: “Mas todo mundo está usando”. Aí vem a resposta que traz à tona uma grande realidade: “Mas você não é todo mundo”.

A reflexão cabe perfeitamente nesta época do ano quando estão sendo feitos os planejamentos para 2018.  Sempre que aparece uma tecnologia considerada revolucionária ela automaticamente se torna a última tendência da moda, e no caso atual isto está acontecendo com o Blockchain.

Todos os dias a imprensa traz cases de sucesso com usos diferenciados da tecnologia. Eles revelam seus benefícios. Sua potencialidade. Ganhos de segurança. Redução de custo. Agilidade nos prazos. Transparência, etc. Tudo isso acaba ganhando uma conotação irresistível para todo mundo.

Ocorre que, querendo ser como todo mundo, muitas corporações têm feito investimentos equivocados para estarem na moda e ao invés de benefícios, estão colhendo prejuízos.  Uma reportagem publicada pelo portal TI Inside recentemente revelou que segundo o Gartner, 90% dos projetos de blockchain lançados em 2016 e na primeira metade de 2017 terão um fim prematuro nos próximos 24 meses.

A matéria recomenda que as instituições façam uma avaliação criteriosa, e de preferência com apoio de especialistas, sobre a real necessidade do uso de blockchain antes de iniciar a fase de desenvolvimento. O texto traz uma sequência de etapas que devem ser observadas como o desenho da prova de conceito, o entendimento sobre qual é o blockchain mais adequado para o negócio específico que a solução se destina, a identificação da autenticidade, a procedência e a transferência dos valores.

Ao desenvolver essas etapas, as empresas terão tempo e acumularão um conjunto de informações suficientemente capazes de fomentar uma tomada de decisão que deve levar em consideração conceitos muito mais concretos do que apenas a sensação de estar de acordo com a moda.

O Blockchain tem dominado realmente a tendência nos mais variados mercados. Desde as aplicações mais comuns como transações P2P, máquina a máquina, no mercado financeiro até usos mais exóticos como o agronegócio. Parece que realmente todas atividades de todo o mundo estão se vestindo de blockchain. Mas, apesar disso, pode ser que no seu caso, ou para a aplicação imaginada pela sua companhia, ele não caia tão bem assim.  Por isso, sempre vale o lembrete: Você não é todo o mundo.