Search
+55 (11) 3358-7700

Conferência usa teatro para estimular novas abordagens sobre o Design Thinking

Nos dias 11 e 12 de outubro foi realizada na cidade de Amsterdã, na Holanda, a Design Thinking Conference 2018, um encontro que reuniu especialista internacionais com o objetivo de apresentar casos de uso e as novas tendências da ferramenta. Com uma dinâmica inspirada no teatro, foi desenvolvido um roteiro básico usando o padrão de história arquetípica de “jornada do herói” como modelo. A intensão foi estimular tanto os oradores como o público a desafiarem os conceitos adquiridos em busca de ultrapassar os limites conhecidos sobre o assunto.

O tema central da conferência foi: “Através de Diferentes Olhos”. Por meio dele o foco central foi direcionado para a importância da empatia e como vivenciamos a realidade de diferentes maneiras. Essa característica é considerada fundamental na mentalidade do Design Thinking.

Os organizadores do encontro afirmaram considerar que novas abordagens estão surgindo porque o mundo precisa de novas soluções que possam resolver os problemas que estamos enfrentando.

“O Design Thinking e outras abordagens centradas no ser humano estão surgindo como resultado. É um sintoma, não um fim.”, disseram.

Na estrutura do teatro imaginada para o evento, os palestrantes foram considerados os atores principais e o público os atores de apoio.

Foram convidados para a experiência especialistas como:

  • Adam St John Lawrence, co-fundador da WorkPlayExperience, uma empresa que ajuda as organizações a mudarem o modo como seus stakeholders trabalham juntos;
  • Arne Van Oosterom, reconhecido internacionalmente como pioneiro e líder de pensamento nos campos emergentes do design de serviços e do design thinking;
  • Stefan Van Der Stigchel, professor associado da Universidade de Utrecht e chefe do grupo de pesquisa Attentionlab,
  • John Bielenberg, designer, empreendedor e defensor imaginativo de um mundo melhor através do Thinking Wrong,
  • Fleur Ravensbergen, mediadora em conflitos armados. Ela é a Subdiretora e co-fundadora do Grupo Consultivo de Diálogo (DAG),
  • Lauren Currie, designer e empreendedora chefe de Design na Good Lab e fundadora da #upfront; e
  • Lilian Stolk, artista, historiadora e primeira especialista em emoji holandesa. Ela se concentra em nossa linguagem se tornando mais visual com pesquisas sobre emoji.

A organização considerou que o empolgante novo formato da conferência, inspirado pelo teatro, ajudou os palestrantes e o público a se engajarem e se surpreenderem. No verdadeiro espírito do pensamento de design, eles foram chamados a questionar tudo. A ideia, segundo eles foi tirar as pessoas do conforto. “Sem pregação para o convertido, mas experimentando, se divertindo e sendo surpreendidos”.

A 7COMm é especialista em desenvolver projetos com uso de Design Thinking. Caso sua organização queira surpreender sem precisar de teatro, entre em contato.