Search
+55 (11) 3358-7700

CIAB FEBRABAN mostra que pagamentos instantâneos e internet 5G vão acelerar a indústria financeira

Entre todo o festival de tecnologia e inovação apresentado na edição 2019 do CIAB FEBRABAN, o maior congresso de tecnologia financeira da América Latina, duas movimentações foram apontadas como possuidoras de grande potencial para acrescentar ainda mais velocidade às transformações que já vêm ocorrendo na indústria financeira. Elas são a internet 5G e a regulação da estrutura para o funcionamento dos pagamentos instantâneos no país.

Na abertura da programação, o presidente da FEBRABAN, Murilo Portugal explicou que a instituição está trabalhando em parceria com o Banco Central para tornar as transações de pagamento ainda mais fáceis e rápidas, com os pagamentos instantâneos. Segundo ele, o objetivo é permitir que transações financeiras instantâneas possam ser concluídas em até dez segundos.

Um grupo de trabalho formado por mais de 90 instituições, coordenado pelo Banco Central (BC), deve apresentar em breve um documento contendo o detalhamento dos requisitos fundamentais para o funcionamento do ecossistema de pagamentos instantâneos no Brasil. O conceito se refere a toda transferência eletrônica de recursos na qual a transmissão da mensagem de pagamento e a disponibilidade de fundos para o recebedor ocorrem em tempo real. O BC trabalha com a hipótese de o celular do cliente ser a única informação necessária para iniciar o pagamento, o que viabilizaria a transferência de recursos com apenas um toque no celular. A leitura de um QR Code pode ser o dispositivo que permita a transferência interbancária de recursos da conta do pagador diretamente para a conta do estabelecimento.

O executivo da FEBRABAN comentou também que a chegada da rede móvel de quinta geração, a internet 5G trará uma velocidade maior de conexão e, dentre outras inovações, viabilizará a internet das coisas. Ele fez a ressalva de que a implantação dessas ferramentas trará desafios significativos em termos de infraestrutura para o País e para os bancos, que por sua vez, já estudam  quais  novos tipos de  serviços e produtos podem ser oferecidos para atender essa conexão entre pessoas e objetos, considerando que no ano passado, os clientes já fizeram do celular o canal preferido para pagamento de contas e transferências financeiras.

Ao participar de discussão sobre o assunto no evento, o diretor de inovação tecnológica da Claro, Luiz Fernando Bourdot, ressaltou que graças às altas velocidades, baixa latência e atendimento a uma rede ampla com dez vezes mais dispositivos que o 4G, essa nova estrutura  possibilitará o maior uso de assistentes digitais, corretagem rápida, IoT massivo, dispositivos vestíveis para pagamentos, novos meios de pagamentos e processamento de transações em tempo real.

Murilo Portugal lembrou que os grandes bancos hoje não concorrem somente entre si, mas também com fintechs, cooperativas de crédito, instituições de menor porte, dentre outros. Em função deste ambiente competitivo eles investem um volume elevado em tecnologia, ao redor dos R$ 20 bilhões por ano.

A 7COMm, que também marcou sua já tradicional presença no CIAB FEBRABAN, acompanha de perto todas essas movimentações e seus profissionais estão prontos para desenvolver estratégias que aproveitem estes impulsos para avançar na mesma velocidade que o mercado se transforma. Clique aqui e fale com um especialista da 7COMm.