Search
+55 (11) 3358-7700

Chegada do open banking aumentará procura por habilidade de estrategista no setor financeiro

Na primeira quinzena de janeiro o Gartner publicou uma pesquisa que identifica as características que os líderes financeiros precisarão buscar para seus departamentos em 2020. No momento em que avançam as decisões para a entrada em vigor do open banking, não foi surpresa a habilidade de estrategista estar entre elas.

De acordo com o estudo, o profissional que possui habilidade de estrategista se destaca na coordenação de negócios, inovação de TI e gerenciamento de fornecedores. Além disso, essas pessoas conectam facilmente o plano plurianual das finanças aos objetivos de negócios e assim podem sugerir implementações ou atualizações úteis ao sistema. Ao mesmo tempo eles são capazes de construir relacionamentos mutuamente benéficos com fornecedores de TI e manter o conhecimento financeiro de TI.  Dessa forma, o colaborador com habilidade de estrategista consegue negociar contratos de fornecedores com base em uma sólida análise de custo-benefício.

Mais competição e ao mesmo tempo, maior colaboração

Portanto, quando são levadas em consideração as condições que caracterizam o ambiente de open banking, essas capacidades são de grande relevância. Sobretudo porque essa nova configuração submeterá as empresas a uma abordagem muito mais competitiva e ao mesmo tempo colaborativa.

Para que fosse possível chegar a estas conclusões, o Gartner ouviu mais de mil profissionais do setor financeiro. Com o propósito de ajudar os CFOs, as competências foram classificadas em outras quatro categorias além da habilidade de estrategista.

Como resultado elas refletem o tipo de tarefas que essas cinco personas podem executar. Só para exemplificar, o documento cita a persona ‘Construtor’, que possui habilidades relacionadas à conscientização transcultural, inteligência social e colaboração virtual.

Sob o mesmo ponto de vista é mencionada a habilidade de ‘Executor’. Ela é vinculada à capacidade de solução de problemas, que os torna bons gerentes de projeto, capazes de delegar efetivamente e equilibrar várias responsabilidades.

Por outro lado, a pesquisa também ressalta a importância dos indivíduos com a característica de ‘Alunos’. Em suma, eles estão abertos a novas idéias, apoiam visivelmente as iniciativas de mudança organizacional e até ajudam a comunicar essas mudanças aos colegas.

Finalmente, a outra persona relacionada é a de ‘Persuasores’ cujos representantes entendem a estruturação de evidências. Desta forma eles sabem como criar um corpo abrangente de evidências ao criar insights e soluções.

Habilidade aprimorada no relacionamento com parceiros globais

Segundo a vice-presidente do Gartner, Melanie O’Brien, essas personas fornecem um modelo para os líderes pensarem sobre quais tipos de habilidades eles precisarão no futuro.  Ou seja; assim eles conseguem comparar às habilidades que têm disponível agora.

Como especialista em alocação de profissionais, a 7COMm está preparada para oferecer ao mercado todas essas personas. Por causa de sua estreita relação com o open banking, a empresa tem desenvolvido em seus colaboradores principalmente essa habilidade de estrategista. Neste sentido, eles são constantemente aprimorados no relacionamento com parceiros globais que desenvolvem os mais diversos projetos. Clique aqui e entre em contato e vamos encontrar juntos as melhores estratégias.