Search
+55 (11) 3358-7700
Implementar a LGPD

Os 6 passos para implementar a LGPD

A Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD) já entrou em vigor e aqueles que ainda não fizeram as adequações necessárias precisam correr para preparar suas operações para a nova regulamentação. Alguns passos são essenciais nessa jornada para implementar a LGPD e, antes de mais nada, é essencial entender em detalhes a lei e seus requisitos.

Para isso, as empresas podem contar com o apoio de consultorias especializadas, como a 7COMm, que ajudam as companhias em todas as etapas. Conheça as seis principais fases:

 

Mapeamento

O primeiro passo é mapear as atividades de cada área da empresa no que diz respeito à coleta e ao tratamento de dados pessoais. A companhia deve reavaliar cada processo para identificar como se dá a coleta das informações, o tratamento, armazenamento e até mesmo o descarte dos dados. Com isso, é possível definir os fluxos de forma estruturada e transparente e detectar os pontos de vulnerabilidade, ou seja, em que momentos há risco de vazamento ou manuseio inadequado dos dados pessoais

 

Vai implementar a LGPD? Defina controles e políticas claras

Uma vez mapeados os riscos em cada área da empresa, é hora de desenhar os controles para mitigar esses riscos. Nesse momento, as áreas de TI e Jurídica devem trabalhar em perfeita harmonia para criar processos e sistemas que garantam a gestão adequada dos dados, assim como a segurança das aplicações que processam esses dados.

Essa fase também envolve a criação de uma política de dados e a definição de quem será o encarregado dos dados. É essencial eleger um profissional, da empresa ou terceiro, para ser o responsável pela proteção dos dados e ainda pela implementação de todos os procedimentos e regras.

 

Treinamento da equipe é essencial para implementar a LGPD

Conscientizar os colaboradores sobre os processos e os cuidados necessários com os dados pessoais é um aspecto determinante para garantir a integridade das informações. De nada adianta ter sistemas robustos e controles de acesso com diversas camadas de segurança, se os profissionais não estiverem cientes do seu papel na preservação da integridade das informações. Nessa hora, a comunicação interna é uma grande aliada, que ajuda a deixar bem claro para toda empresa o papel de cada um na hora de implementar a LGPD.

 

Canal de atendimento aos titulares dos dados

Ao implementar a LGPD não se pode deixar de lado a transparência com os titulares dos dados. Para isso, a empresa precisa revisar seus contratos e documentos jurídicos e informar com clareza os clientes, funcionários e parceiros quanto à manipulação de seus dados, solicitando as permissões necessárias. Também é preciso criar um canal para que os titulares esclareçam suas dúvidas e possam solicitar exclusões de suas informações quando desejarem.

 

Manutenção e evolução da conformidade ao implementar a LGPD

Depois de cumprir os passos necessários para implementar a LGPD, a vigilância deve ser constante. Cabe à empresa garantir a gestão dos dados para garantir a conformidade aos requisitos da lei. E mais: é necessário revisitar os processos, promovendo melhorias nos quesitos de segurança e privacidade. A implementação da LGPD é um processo contínuo e todos os novos projetos precisam ter esse aspecto incorporado, fazendo com que passado, presente e futuro estejam alinhados à LGPD.

 

Encontre o parceiro certo para implementar a LGPD

Conduzir um projeto que permeia as diversas áreas e stakeholders pode ser um grande desafio, por isso é determinante contar com parceiros especializados e com grande experiência. A 7COMm está preparada para apoiar sua empresa em toda essa jornada. Clique aqui e fale com um dos nossos especialistas!