Search
+55 (11) 3358-7700
OpenBanking

Open Banking promove nova era da personalização de produtos e serviços

O Open Banking, que irá integrar todo o ecossistema financeiro (bancos tradicionais e digitais, fintechs, plataformas de pagamentos e outros), vai permitir ao consumidor controlar suas finanças de maneira integrada. O cliente não vai mais precisar acessar o aplicativo de cada banco ou instituição financeira para visualizar o seu histórico de transações, aplicações e serviços. Isso porque todas as informações estarão reunidas em um único local. Dessa forma, a gestão das finanças será simplificada. E o mais importante: os dados do cliente não mais serão domínio da instituição financeira da qual é correntista, porque estarão disponíveis (mediante autorização) para todas as outras, acirrando a competitividade no setor.

 

Informações compartilhadas dos clientes são esteira para fidelização 

Considerando que o histórico da vida financeira do cliente, hoje de propriedade do banco em que possui conta, passará a ser compartilhado com todo o ecossistema integrante do Open Banking, abre-se um amplo leque de possibilidades para o oferecimento de diversos serviços e produtos sob medida pelos concorrentes. Uma fintech, por exemplo, poderá acenar para o consumidor com uma taxa de crédito mais atraente, ou de financiamento ou seguro, pois terá acesso ao seu perfil financeiro. Correntistas e não correntistas poderão receber uma análise de suas movimentações financeiras, ofertas, cotações de produtos, tudo isso alinhado à sua real necessidade, aos seus padrões de comportamento em compras e até alertas sobre custos. É uma nova era de produtos e serviços altamente personalizados, verdadeiras esteiras para fidelização, apoiada na melhor experiência do consumidor.

 

O ganha-ganha para instituições financeiras e clientes 

  • O cliente será empoderado, pois passa a ter o controle do compartilhamento das suas informações financeiras
  • Os dados serão amplamente compartilhados, de modo seguro e automático
  • A competitividade estará acirrada no ecossistema financeiro com iguais oportunidades
  • O ambiente colaborativo será fortalecido no ecossistema financeiro evoluído
  • A personalização vai ser mais assertiva nos produtos e serviços, apoiada no acesso ao histórico financeiro do cliente e suas preferências
  • A melhor experiência do cliente e sua consequente fidelização serão uns dos muitos frutos
  • Haverá mais transparência na gestão das informações do cliente
  • A centralização de todos os produtos e serviços contratados em um único app será um salto na conveniência
  • Gerenciamento simplificado de receitas e despesas, dívidas e investimentos, irá contribuir para a saúde financeira dos clientes e consequentes resultados para as instituições
  • O mercado apresentará mais igualdade de oportunidades entre empresas concorrentes, já que poderão acessar o histórico de diferentes consumidores e criar ofertas inovadoras
  • Haverá ampliação das opções de crédito, mais variedade de condições de pagamento e consequente facilidade com taxas reduzidas

 

Mais flexibilidade e oportunidades com o Open Banking

O Open Banking, que irá funcionar a partir de 30 de novembro de 2020, com conclusão prevista pelo Banco Central para até outubro de 2021, promete reduzir a burocracia e agilizar processos, beneficiando o consumidor. E com o uso de APIs, haverá redução no número de intermediários para executar variados processos e com isso bancos e instituições minimizarão custos. As instituições também serão beneficiadas com a possibilidade de diversificar suas fontes de receita, porque irão expandir os canais para oferecer seus produtos.

Se ingressar no Open Banking faz parte da sua estratégia, a 7COMm presta consultoria personalizada para agilizar esse processo de maneira estratégica e segura. Orienta cada etapa da jornada e oferece produtos e serviços especializados alinhados à essa nova geração do mercado financeiro brasileiro. Para saber mais sobre como a 7COMm pode acelerar a sua evolução nesse novo conceito, acesse aqui.